Tag Archives: remédios naturais

Processo de transformação dos insumos em formulações

Você sabe quais são os passos que acontecem entre o recebimento da receita até o cliente adquirir a formulação? Conheça o passo a passo:
Tudo começa quando levamos a receita médica à farmácia de manipulação, assim que o orçamento é aprovado, a receita é cuidadosamente analisada pelo farmacêutico, que checa a dosagem, por exemplo. Caso haja alguma dúvida, o profissional pode consultar o médico. Após a avaliação técnica ser feita, é emitida uma ordem de produção junto com a prescrição, que são direcionadas para o laboratório localizado no estabelecimento, onde a formulação será manipulada.

Para garantir a qualidade do produto, são feitos controles de verificação do peso das cápsulas, quantidade, conferência da receita em relação à requisição, conferência da embalagem, entre outros. Depois do processo de verificação, as fórmulas são rotuladas individualmente, com os dados do paciente, médico, forma de utilização, etc.

Ao final do procedimento, é feita uma conferência do rótulo e também da ordem de manipulação. Após o farmacêutico aprovar, a fórmula é novamente conferida pelo funcionário do atendimento. Pronto! Ela já pode ser entregue! E agora que você sabe como funciona o processo, não deixe de compartilhar com quem também faz o uso de medicamentos manipulados. Com a Pharmacy, a qualidade dos ativos está garantida!

Atividade física precisa de cuidados para não causar lesões nas articulações

Atividade física é fundamental para trazer uma série de benefícios ao corpo, como diminuir peso, controlar colesterol e diabetes, manter o bem-estar, entre outros tantos, em todas as idades. Porém, tanto a falta quanto o excesso da prática podem ser prejudiciais se ela não for realizada adequadamente ou se não for acompanhada por um especialista da área.

Conforme explica o ortopedista Gustavo Campos, é muito importante respeitar os próprios limites, pois as principais lesões articulares decorrem não apenas de traumas, mas principalmente do mau uso da articulação. “O exercício realizado com excesso de frequência ou carga irá danificar a articulação mecanicamente e por meio de um processo inflamatório articular”, salienta.

Ligamentos e meniscos, por exemplo, são as regiões mais afetadas nos que praticam atividades físicas de alto impacto, como futebol, vôlei, skate ou lutas. “Principalmente em ‘esportistas de final de semana’, por não terem uma musculatura fortalecida”, ressalta o ortopedista e traumatologista Márcio Tannure.

Fortalecimento de musculatura e cartilagem

O fortalecimento da musculatura e da cartilagem, por meio de exercícios físicos adequados e de suplementação com nutracêuticos adequados para esse objetivo, contribui para o bem-estar do atleta e para o sucesso da atividade. O nutracêutico UC-II®, por exemplo, consegue diminuir o desgaste e a dor em casos de lesão e tem sido bastante prescrito pelos especialistas.

Outro suplemento, o MoveTM, também traz benefícios ao tratamento de dores nas articulações. “Sem dúvida, a grande vantagem do uso de um medicamento desse tipo refere-se a sua segurança, devido a seu mecanismo de ação”, diz o Dr. Gustavo Campos.

Todos esses cuidados são fundamentais, pois as articulações são as responsáveis pela mobilidade e pela transmissão de força para o nosso corpo. Portanto, confira a seguir mais algumas recomendações do ortopedista e traumatologista Márcio Tannure para garantir a saúde dos movimentos. Lembre-se: saúde com exercícios acompanhados de especialistas!

Mantenha uma vida saudável, alimentação balanceada e atividades físicas acompanhadas por profissionais;
Faça a prevenção, com suplementação adequada, controle de carga e individualização de tratamento;
Ganhe massa muscular, pois a musculatura vai ser o maior amortecedor de impacto. Atividades como musculação combinadas com atividades aeróbicas são indicadas;
Utilize nutracêuticos para diminuir o processo inflamatório e para proteger a cartilagem.

Cápsula reguladora de fome

Você sabe o que é compulsão alimentar? Ela é diagnosticada como uma doença mental, quando a pessoa sente uma grande necessidade de comer, mesmo quando já está saciada. Pessoas que têm compulsão alimentar comem em grandes quantidades e em um curto espaço de tempo.

Mas afinal, como se origina esse hábito de comer em excesso? Há muitos fatores que causam a doença, como a busca do conforto emocional por meio da comida ou para lidar com problemas, estresse, traumas do passado e também dietas inadequadas. As pessoas comem por causa de sentimentos de desânimo ou pelo fato de se sentirem privadas de diversos alimentos, causando um desejo ainda maior em consumi-los.

Alguns sintomas da compulsão são: sentir-se triste ou culpado por comer demais, comer sozinho ou em segredo, continuar comendo mesmo quando está satisfeito, comer quando não está com fome e também mais rápido que o normal. Se você acha que está apresentando alguns desses sintomas, é necessário fazer um diagnóstico com seu médico, além de buscar a ajuda dos familiares para que, assim, a doença possa ser devidamente tratada.

É sempre importante procurar seu médico de confiança e verificar a possibilidade de seu uso no auxílio do tratamento da compulsão.