Tag Archives: remédio

Saiba as indicações e contraindicações do Cloridrato de Fluoxetina

O Cloridrato de Fluoxetina é um medicamento, administrado por via oral, indicado para o tratamento de:

  • Depressão, associada ou não a ansiedade;
  • Bulimia nervosa;
  • Transtorno obsessivo-compulsivo (TOC) e
  • Transtorno disfórico pré-menstrual (TDPM), incluindo tensão pré-menstrual (TPM), irritabilidade e disforia.

E contraindicado para:

  • Pacientes com hipersensibilidade;
  • Uso combinado com inibidores da monoaminoxidase (IMAOs)*;
  • Uso combinado com tioridazina*.

* O uso desses medicamentos deve ser administrado, no mínimo, 5 semanas após a suspensão do Cloridrato de Fluoxetina.

Consulte seu médico e traga sua receita para a Pharmacy ou entre em contato conosco pelo nosso WhatsApp: (21) 98995-3578.

 

Como melhorar a qualidade do seu sono

Você costuma sofrer com noites mal dormidas? Vamos falar aqui sobre duas substâncias que podem te ajudar!

Valeriana

O chá desta planta é perfeito para ter uma noite de sono tranquila, sem provocar os efeitos colaterais que os remédios alopáticos, geralmente, causam.

Além de combater à insônia, a valeriana também é indicada contra ansiedade, estresse e, até mesmo, para auxiliar no tratamento de doenças relacionadas a estes, como a diverticulose, entre outros distúrbios digestivos.

 

Melatonina

O hormônio melatonina é produzido de forma natural pelo corpo humano, porém também existe sua versão sintética, muito utilizada para a indução ao sono, já que esse hormônio está ligado ao ciclo circadiano (como o organismo se organiza no decorrer do dia e da noite).

Chás que ajudam na desintoxicação do fígado

Chá de Boldo

Além de auxiliar com a má digestão, e incômodos como gases intestinais e azia relacionados a ela, o chá de boldo é uma boa opção de remédio caseiro para problemas de fígado, como acúmulo de gordura.

Chá Vermelho

O chá vermelho é ótimo para limpar as gorduras do fígado e, além disso, reduz o colesterol saturado (LDL) e ajuda no emagrecimento, já que diminui o apetite.

Chá de Cúrcuma

O chá de cúrcuma tem a capacidade de desintoxicar o fígado e, ainda, rejuvenesce as células do corpo! Isso acontece devido aos compostos com ação anti-inflamatória e anti-idade presentes nesta planta.

Vinitrox – Polifenóis para nutrição esportiva

Composto 100% natural extraído de frutas, Vinitrox é um ativo rico em polifenóis. Essa substância é responsável pela vasodilatação, que melhora a irrigação muscular e potencializa o desempenho físico em qualquer atividade esportiva

Sem limites entre você e o seu esporte.

Quer melhorar o seu desempenho físico e diminuir a fadiga na hora dos treinos? Vinitrox é o ativo perfeito para você em qualquer atividade.

01 – Vasodilatador
Vinitrox contém polifenóis da uva e da maça, auxiliando na produção de óxido nítrico, com consequente aumento na vasodilatação

02 – Antioxidante
Vinitrox é rico em polifenóis, compostos com excelente ação antioxidante, sendo seguro para atletas por não interferir na resposta adaptativa do exercício físico.

03 – Melhora a irrigação muscular

Já que ajuda a aumentar o diâmetro dos vasos sanguíneos, Vinitrox também melhora a irrigação e o fluxo de sangue para os músculos.

04 – Origem natural

Vinitrox tem origem 100% natural, já que é composto por extratos da uva e da maçã, possuindo componentes específicos destas frutas, com ação benéfica para o desempenho esportivo.

Aumento de massa muscular e libido masculina

Testofen® é um ativo 100% natural obtido a partir do extrato da semente do Feno Grego contendo mais de cem fitoquímicos diferentes. Sua composição é padronizada e patenteada em 50% de Fenuside™ – uma mistura única de glicosídeos de furostanol e saponinas esteroidais – o que garante o aumento dos níveis saudáveis de testosterona livre no organismo. Novidade exclusiva da Galena, Testofen® é para o homem em busca do aumento saudável de testosterona livre em seu organismo. O aumento dos níveis desse hormônio está ligada ao desenvolvimento muscular e consequentemente ao aumento da força, além disso, possui ação na manutenção da libido e vitalidade sexual.

Mais força e massa muscular
O desenvolvimento muscular é resultante da ação da testosterona sobre o tecido muscular, pois esta sinaliza para a síntese proteica e promove a captação de aminoácidos desenvolvendo assim as fibras musculares e consequentemente o aumentando a força muscular. Além disso, a testosterona ativa a lipase sensível a hormônio promovendo a lipólise e assim, auxiliando no desenvolvimento muscular saudável.

Um estudo com 60 voluntários demonstrou que Testofen® aumenta em 99% os níveis de testosterona livre no organismo, favorecendo o desenvolvimento e manutenção muscular em 9,5%. Além de ser um grande aliado do homem na andropausa e também do atleta que busca mais resultados no ganho de massa e perda de gordura – Testofen® promove a lipólise, ajudando a reduzir em até 36% a gordura corporal.

Libido e desempenho sexual
Estudo feito com 120 voluntários comprovou que por elevar a concentração de testosterona livre no organismo, Testofen® aumenta a libido, frequência sexual, ereção matinal e prazer nas relações sexuais, proporcionando uma melhor qualidade de vida sexual.

Benefícios

– Auxilia na manutenção e aumento da massa muscular;
– Ajuda a atingir a força máxima;
– Promove a manutenção dos níveis de testosterona livre em homens;
– Melhora do desempenho sexual nos homens;
– Promove a libido e vitalidade sexual nos homens;
– Ajuda a reduzir os sintomas da andropausa;
– Ajuda a reduzir gordura corporal.

Testofen® é recomendado para:
– Esportistas e atletas que desejam aumento da massa muscular (anabolismo muscular);
– Esportistas que buscam redução da gordura corporal;
– Redução dos sintomas da andropausa;
– Aumento da libido e desempenho sexual nos homens.

7 motivos para não tomar remédio sem indicação médica

Tomar remédio sem conhecimento médico pode ser prejudicial à saúde porque estes tem reações adversas e contraindicações que devem ser respeitadas.

Uma pessoa pode tomar um analgésico ou um anti-inflamatório quando tem uma dor de cabeça ou tiver uma dor de garganta, mas estes medicamentos não devem ser consumidos por mais de 3 dias e persistência destes sintomas ou com o surgimento de outros sintomas é importante ir ao médico.

1. Desenvolvimento de superbactérias
O uso de antibióticos por conta própria aumenta o risco da pessoa tomar a dose errada ou por menos tempo do que deveria aumentando assim a resistência dos vírus e bactérias, diminuindo assim a eficiência dos antibióticos. Isso pode acontecer quando a pessoa toma antibióticos em forma de cápsulas, comprimidos, injeções ou até mesmo pomadas antibióticas.

2. Mascarar sintomas
Ao tomar analgésicos, anti-inflamatórios ou antipiréticos por conta própria a pessoa pode disfarçar os sintomas que apresenta e por isso o médico pode ter mais dificuldade em encontrar o diagnóstico da doença. Além disso, os anti-inflamatórios como Ibuprofeno podem causar gastrite, úlcera ou causar hemorragia digestiva que podem não estar diretamente relacionados à doença, sendo somente uma complicação do remédio usado.

3. Podem prejudicar o fígado e os rins
O uso de remédios sem receita médica pode levar à intoxicação do fígado, já que os medicamentos podem ser acumular nesse órgão, e também prejudicar o funcionamento do rins. Como os rins são responsáveis pela filtração do sangue, quando este encontra-se cheio de medicamentos fica mais difícil garantir a eliminação de toxinas. Apesar do funcionamento renal ser mais prejudicado em pessoas que já sofrem com problemas renais, isso também pode acontecer em pessoas aparentemente saudáveis.

4. Aumentam o risco de hemorragias
Alguns medicamentos de venda livre como o Paracetamol, que parece ser inofensivo, pode levar à hemorragia digestiva, especialmente em pessoas que tem um estômago mais sensível. Geralmente isso acontece quando a pessoa ingere uma grande quantidade de paracetamol de uma só vez, mas também pode acontecer ao ingerir 500mg por dia ao longo dos meses e por isso é melhor evitar sua ingestão desnecessária.

As aspirinas também aumentam o risco de hemorragias e por isso só devem ser consumidas após conselho médico, principalmente em época de epidemias como dengue, já que este é um medicamento proibido em caso de dengue ou suspeita de dengue.

5. Podem surgir reações adversas
Certos medicamentos não devem ser tomados ao mesmo tempo e por isso, se a pessoa sofre de asma ou hipertensão e precisa tomar remédios diariamente, não é recomendado tomar nenhum outro medicamento sem conhecimento médico.

Pessoas com asma não podem tomar nem mesmo Ibuprofeno, que pode ser comprado sem receita porque podem sofrer com uma crise de asma, por exemplo. Já os remédios para pressão só devem ser usados após a indicação do cardiologista porque quando usados de forma indevida podem causar desequilíbrio eletrolítico, dor de cabeça, tontura e queda da pressão.

Além disso, a pessoa pode ter uma reação alérgica ao medicamento, o que leva ao surgimento de sintomas como dificuldade em respirar, bolinhas ou inchaço da pele, sendo mais comum após o uso de antibióticos, analgesicos ou anti-inflamatórios.

6. Podem causar dependência
Analgésicos, ansiolíticos e antidepressivos podem causar dependência e deixam a pessoa viciada. Além de, com o passar do tempo, ser necessário uma dose cada vez maior para atingir o mesmo objetivo eles podem causar sonolência, falta de coordenação motora, vertigens e problemas cardiovasculares e por isso só devem ser usados por indicação médica, devendo ser respeitada sua dosagem e tempo de tratamento.

7. Podem ser contraindicados na gravidez ou lactação
A maior parte dos medicamentos é contraindicada durante a gestação e também quando a mulher amamenta porque podem prejudicar o bebê causando mal-formação fetal ou problemas nos rins. Ao passar pelo leite, o medicamento chega ao bebê aumentando o risco de uma doença chamada síndrome de reye que pode ser fatal. Por isso, especialmente nessa fase o uso de medicamentos só deve ser feito pela orientação do obstetra.

Por isso, o uso de medicamentos só deve ser usado sob orientação médica, mesmo quando se manifeste sintomas corriqueiros como dor de cabeça, diarreia ou coceira na pele, ou quando se está pensando em tomar algum remédio para emagrecer, mesmo que seja natural, por exemplo.